Vídeo Institucional: sua importância para o branding
Vídeo Institucional: sua importância para o branding
Vídeo Institucional: sua importância para o branding

Vídeo Institucional: sua importância para o branding

Carolina Reggiani
escrito por
Carolina Reggiani
Tempo de leitura: 4 minutos

As formas que a empresa pode usar o vídeo institucional para agregar valor à marca

Branding consiste em uma série de ações de marketing estratégicas por parte das empresas, que têm como objetivo fortalecer a identidade de marcas a partir da experiência do cliente. O vídeo institucional faz parte dessa estratégia de gestão de marca.

Branding

A identidade da marca é construída a partir do nome, cores, imagens, logotipo, e, principalmente, das ideias e personalidade associadas à marca.

Todos esses elementos auxiliam na fixação da marca na mente do consumidor, e devem ser baseados em uma proposta de valor, para que a transmissão da mensagem que a empresa deseja passar seja mais efetiva. O branding cria conexões da marca com os clientes, ao desenvolver emoções e sensações.

A importância dos vídeos para o Branding

Os vídeos são importantes por criar emoções no espectador, o que auxilia na geração de memórias afetivas.

Ao assistir um vídeo que conta uma história, por exemplo, o espectador se coloca no lugar dos personagens e sente as emoções causadas. Esses sentimentos são responsáveis por despertar gatilhos mentais que posteriormente influenciam na decisão de compra.

Além disso, os vídeos auxiliam na criação de autoridade de marca, aceleram a comunicação e melhoram a percepção sobre a proposta de branding.

Autoridade

Todas as marcas objetivam se tornar referência em suas áreas de atuação. Os vídeos ajudam a construir essa autoridade que leva à notoriedade. Quando isso acontece, possíveis clientes passam a confiar no conteúdo da marca, e consequentemente, nos seus produtos.

Comunicação rápida

A frase “uma imagem vale mais que mil palavras” traduz muito bem a ideia de que, em um vídeo, as informações e emoções são muito mais facilmente transmitidas que em um texto.

O espectador do vídeo também é capaz de absorver mais rapidamente a intenção e o mote. Isso torna os vídeos uma forma de otimização da sua mensagem.

Percepção da marca

A percepção de marca é formada por uma combinação de fatores que o consumidor avalia ao entrar em contato com ela. Desde o produto em si (qualidade e custo), o atendimento, a responsabilidade social da empresa e a maneira que ela faz sua propaganda e marketing (em um nível até mesmo inconsciente).

Por que fazer um vídeo institucional?

Os vídeos institucionais contam sobre a marca e ajudam a construir a imagem que a empresa deseja transmitir para o seu público. A partir das técnicas de storytelling nos vídeos institucionais, a empresa pode contar histórias que inspiram e agregam valor à marca.

Os vídeos institucionais não necessariamente vendem um produto, mas auxiliam a construção da narrativa da marca. Alguns tipos de vídeos institucionais são:

  • História – Criação e evolução da marca, com seus marcos, mudanças e ideais;
  • Depoimento de clientes – Testemunhais sobre atendimento e produtos;
  • Como é trabalhar na empresa? – Como o público interno (funcionários) enxerga a companhia;
  • Educativos – Conteúdos que aumentam a autoridade e servem como referência sobre o nicho de mercado;
  • Ações socioambientais – Mostram ações e objetivos de sustentabilidade que agregam aos Valores e Missão da marca;
  • Conceituais – Mais abstratos, transmitem determinada emoção ao público.
O vídeo institucional faz parte de uma estratégia de gestão de marca. (Arte: Juliana Polastri)
O vídeo institucional faz parte de uma estratégia de gestão de marca. (Arte: Juliana Polastri)

O que é preciso para fazer um vídeo institucional?

A produção de um bom vídeo institucional segue 5 passos principais que você pode descobrir a seguir!

Mote

Primeiro é feito o desenvolvimento da ideia do vídeo, que deve estar dentro da estratégia de marketing da marca. A definição do objetivo e do formato fazem parte dessa etapa.

Qual a mensagem será passada? Quem é o público-alvo? O que ele deve saber e sentir ao assisti-lo? Essas perguntas auxiliam na concepção central do mote a ser trazido.
Você pode ter o auxílio de profissionais de vídeo dentro da sua empresa ou a experiência de uma produtora para dicas e sugestões nesse momento.

Pré-produção

Todas as informações devem ser condensadas em um briefing, para que todos os envolvidos tenham uma visão geral do projeto. Em seguida, um roteiro de gravação funcional, claro e organizado é feito. Todo levantamento da documentação e recursos materiais também são efetuados nessa etapa, deixando tudo pronto para o próximo passo.

Veja todas as etapas detalhadas de uma pré-produção de vídeos incríveis!

Captação

Está na hora de filmar! Com o roteiro aprovado e todo material organizado, a equipe de audiovisual está pronta para pegar seus equipamentos e colocar a mão na massa. As gravações podem ser externas (ambientes abertos) ou internas (em estúdio ou local fechado).

Nos vídeos institucionais, os formatos mais comuns são de observação, mostrando o cotidiano nos departamentos ou entrevistas com colaboradores e clientes.

Pós-produção

Todo material gravado precisa ser editado. É nessa etapa que é adicionada a trilha sonora e as animações, que ajudam a transmitir a mensagem do vídeo e dar dinamismo.

Entenda mais sobre a pós-produção neste artigo!

Com o vídeo pronto, está na hora de divulgá-lo no site, redes sociais ou mídias de comunicação interna.

Boas práticas dos vídeos institucionais

Apesar dos diferentes modelos de vídeos institucionais, existem algumas práticas seguidas por todos eles. Aqui estão algumas dicas para fazer ficar atento no seu vídeo institucional:

Tempo

O ideal é que um vídeo institucional tenha uma duração de 1 a 2 minutos. Esse tempo é o suficiente para contar uma história, causar emoção no espectador e não dispersar a audiência.

Trilha sonora

A música tem um papel importante na emoção do público. Já tentou assistir um filme de terror no mudo? Não tem graça. A trilha sonora conduz o sentimento passado ao espectador. Portanto, preste atenção no áudio.

Animações

Os efeitos gráficos ajudam a dar dinamismo ao vídeo e mostrar visualmente as principais informações. Transições criativas, GCs com apresentação dos personagens e grafismos deixam o vídeo mais atraente e explicativo.

Dica: Você também pode considerar um vídeo inteiro em animação motion graphics. O estilo é muito usado para mostrar processos internos ou contar sobre o que a marca faz.

CTAs

O Call to action, apesar de não ser usado em todos os casos, tem uma função importante em trazer o espectador para mais próximo da marca. Agora que o espectador assistiu seu vídeo, o que ele deve fazer? Você pode convidá-lo a acessar seu site, segui-lo nas redes sociais ou compartilhar com outras pessoas!

Autor

Carolina Reggiani
Carolina Reggiani

Gostou? Deixe seu comentário