Comunicação interna atrativa para Millennials e Gen-Z
Comunicação interna atrativa para Millennials e Gen-Z
Comunicação interna atrativa para Millennials e Gen-Z

Comunicação interna atrativa para Millennials e Gen-Z

Carolina Reggiani
escrito por
Carolina Reggiani
Tempo de leitura: 3 minutos

Veja tendências e dicas de como as empresas podem se comunicar eficientemente com colaboradores – e até clientes – dessas gerações

A comunicação interna consiste, em grande parte, na interação das empresas com seus colaboradores. Ela sempre ocorreu – de maneira informal ou gerenciada – e vai continuar sendo necessária independentemente dos novos modelos negócios.

As empresas devem estar sempre atentas às novidades e se adaptarem às novas gerações para continuarem sendo competitivas em um mercado cada vez mais acirrado.

A retenção de talentos é indispensável para empresas de qualquer segmento e a comunicação interna é essencial nesse processo.

Então, vamos entender quais são essas novas gerações e qual a melhor maneira de se comunicar com elas.

Gerações

Os Millennials são as pessoas nascidas entre os anos de 1981 e 1996, com idades de 38 e 22 anos em 2019. Essa faixa etária já faz parte da maior fatia de trabalhadores ativos. A partir do ano que vem atingirá 51% do mercado e, mantendo as projeções, os Millennials farão parte de 75% da força de trabalho até 2030.

A principal característica dos Millennials é serem “nativos digitais”, ou seja, terem acesso à tecnologia desde que nasceram. Foram criados com computadores, videogames, smartphones e principalmente: a internet.

Enquanto alguns Millennials ainda estão entrando no mercado de trabalho, outros estão chegando aos níveis de gerência. A próxima geração, os Gen-Z, estão logo atrás e começam a ingressar também nos seus primeiros jobs.

A Geração Z nasceu entre 1997 e o presente. Atualmente, os mais velhos, com 21 anos, estão terminando a faculdade e iniciando sua jornada no mercado de trabalho.

Os Gen-Z vivenciaram o nascimento das redes sociais e os vídeos ilimitados na internet. Eles ainda vão experienciar mais avanços tecnológicos em um curto espaço de tempo, como a ascensão da internet das coisas e inteligência artificial.

Comunicação interna

Essas gerações, já não tão novas, sempre tiveram acesso praticamente infinito à informação, disponíveis à distância de um toque. Portanto, sua demanda por velocidade na informação é alta. Para eles, a comunicação interna deve ser rápida, constante e se utilizar da tecnologia disponível. Ela deve oferecer aos colaboradores tudo o que precisam saber, preferencialmente, em tempo real.

Acompanhe a seguir 7 dicas de como se comunicar com os colaboradores nesse modelo com as gerações Millennial e Z.

A comunicação interna deve ser rápida, constante e se utilizar da tecnologia para essas gerações. (Arte: Juliana Polastri)
A comunicação interna deve ser rápida, constante e se utilizar da tecnologia para essas gerações. (Arte: Juliana Polastri)

1. Informação em tempo real

Por serem nativos digitais, essas gerações esperam que as notícias sejam disponibilizadas imediatamente. Novidades tendem a ser repassadas de forma rápida. Se a empresa não transmitir informações relevantes e rapidamente aos seus colaboradores, a “fofoca” vai suprir essa demanda.

2. Mensagem concisa

Acostumados com pílulas de informações (140 caracteres), Millennials e Gen-Z preferem mensagens curtas e direto ao ponto. Se necessário, os colaboradores irão acessar conteúdos específicos para se aprofundar no assunto, mas já estando inteirados da intenção principal na primeira mensagem (curta).

3. Mídias sociais

Cada vez mais, as gerações têm utilizado seus dispositivos, como os celulares, para o trabalho. Os perfis pessoais nas mídias sociais também fazem parte da progressão de carreira de cada um.

Do mesmo jeito que as empresas devem estar nos mesmos ambientes em que seus usuários, essa regra também vale para os colaboradores. Perfis internos da empresa nas mídias sociais, como uma conta fechada no Instagram ou grupo no Facebook, proporcionam um ambiente digital para que todos possam interagir entre si e com a organização. Existem também redes sociais criadas exclusivamente para o ambiente corporativo.

4. Comunicação personalizada

Assim como os perfis dos clientes de uma empresa são bem definidos e as mensagens personalizadas em uma estratégia de marketing, isso deve ocorrer para o público interno. Segmentação de conteúdo por departamentos, cargos ou funções levam temas realmente relevantes para cada setor da empresa.

5. Interação

A organização deve oferecer abertura para que seus colaboradores se comuniquem e tenham suas opiniões ouvidas e/ou divulgadas.

Canais de comunicação de via única, como a TV Corporativa, se beneficiam da integração com segundas telas (celulares ou tablets). Por meio de aplicativos desenvolvidos por empresas especializadas, é possível, por exemplo, o espectador utilizar um chat para enviar perguntas ou comentários durante uma transmissão ao vivo, o que proporciona interatividade e participação.

6. Causas

Sendo as gerações mais engajadas da atualidade, é importante que a organização exponha suas causas, visão e valores claramente aos colaboradores. Respostas para “O que?”, “Por que?” e “Como a empresa quer de colocar para o mundo externo?” ajudam cada um a formular a melhor maneira de contribuir com essa imagem.

7. Autenticidade

Conversas reais e honestas são esperadas das marcas. Quanto mais autêntica for a comunicação da empresa, mais engajadas estarão as equipes em desempenhar o seu trabalho e a marca se necessário.

Precisando de ajuda para modernizar a comunicação interna de sua empresa? Conheça as soluções da Voxel Digital em tecnologia completa de comunicação.

Autor

Carolina Reggiani
Carolina Reggiani

Gostou? Deixe seu comentário