8 tipos de vídeos corporativos para comunicação interna
8 tipos de vídeos corporativos para comunicação interna
8 tipos de vídeos corporativos para comunicação interna

8 tipos de vídeos corporativos para comunicação interna

Daniela Leite
escrito por
Daniela Leite
Tempo de leitura: 5 minutos

Integrar vídeos corporativos na rotina de comunicação interna pode gerar inúmeras aplicações interessantes para o engajamento e produtividade dos colaboradores

Os vídeos são poderosas ferramentas de comunicação. Não há dúvidas quanto à eficiência e atratividade desse formato tão popular na internet. Hoje, inúmeros negócios utilizam vídeos em sua comunicação oficial, tanto externa quanto interna.

Os vídeos corporativos são muito interessantes em suas diversas utilidades. Eles podem reforçar a presença de uma marca nas redes sociais, atrair mais visibilidade para produtos e serviços, educar consumidores sobre um tema, construir autoridade para a empresa, tudo isso dentro da área de marketing.

Mas as aplicações de um vídeo podem ir além disso. Quando se trata de comunicação empresarial, o público interno, de colaboradores, pode aproveitar grandemente materiais audiovisuais produzidos para eles. Essa é uma forma de entregar informação de qualidade sobre a empresa com rapidez e dinamismo, ideal para rotinas atarefadas.

Use vídeos corporativos para todos os públicos da empresa! (Arte: Diana Coelho)
Use vídeos corporativos para todos os públicos da empresa! (Arte: Diana Coelho)

Sabe-se que o aprendizado e absorção de informação costuma ser maior ao se assistir um vídeo bem construído, do que quando se lê um texto com as mesmas informações. Por isso, os vídeos corporativos são opções muito recomendados para transmitir conteúdo aprofundado ao público em poucos segundos ou minutos, de forma marcante e agradável.

Isso nos abre um leque de opções, que vão desde vídeos institucionais até treinamentos, passando por estilos mais divertidos e outros mais sérios. Veja a seguir alguns tipos de vídeos corporativos que vão conquistar o público de colaboradores de sua empresa, aumentar seu engajamento e aprendizado e, de quebra, tornar a comunicação interna muito mais dinâmica. Também indicamos nesta lista qual a técnica de produção mais recomendada para cada temática. Confira a seguir!

1. Vídeo Institucional

O que é: Vídeo que apresenta a identidade da empresa e sua trajetória, destacando seus produtos ou serviços, seus valores e missão. O objetivo é contar uma narrativa alinhada ao branding, que engaje a audiência com o que a empresa faz e representa.

Técnica recomendada: Esqueça o antigo formato de vídeo institucional, que somente filma a empresa e edita o vídeo junto à voz de um narrador. É possível inovar utilizando técnicas de Motion Graphics, que consiste em animações 2D ou 3D, videografismos e outros estilos de design para compor cenas, como você pode ver no exemplo abaixo. Outra dica é em relação à duração do vídeo, que pode ser mais dinâmico, contando a história em até 2 minutos.

2. Vídeo temático

O que é: As possibilidades são muitas. Os vídeos temáticos podem ser produzidos em datas comemorativas, como aniversário de cada colaborador, aniversário da empresa, dia do profissional (como “Dia do Engenheiro”, “Dia do Jornalista”, etc); até mesmo datas comerciais, como Dia da Mulher, Dia das Mães, Pais, etc. Isso, certamente, aumenta o senso de pertencimento dos colaboradores à empresa, o que contribui com a cultura organizacional e satisfação no trabalho.

Técnica recomendada: Nesse caso, uma Composition, que mistura 2 técnicas pode funcionar bem. Basicamente, seria uma montagem entre um fundo animado e a foto do colaborador. Outra opção é animação em Motion Graphics, como foi feito aqui:

3. Produtos e Serviços

O que é: Esse vídeo busca explicar, para todo o público interno, quais são as principais informações que ele deve saber sobre o que a empresa produz, quais soluções oferece aos clientes ou quais problemas resolve. Especialmente em grandes empresas, pode haver colaboradores que não conhecem completamente o resultado final, pois lidam com apenas uma etapa em seu trabalho. Fornecer uma visão ampla do que vai ser produzido em conjunto com outros profissionais é extremamente importante para motivar e responsabilizar o colaborador, que se sentirá parte de algo mais significativo.

Técnica recomendada: Motion Graphics em 2D ou Whiteboard (desenho em quadro branco), técnica que utiliza a ilustração em progressão para explicar ideias ou processos:

4. Boas Práticas

O que é: Ao invés de mandar comunicados ou manuais sobre regras de convivência, dress code, higiene, segurança do trabalho e outras boas práticas gerais, os vídeos podem apresentar essas orientações de forma mais descontraída e leve. Além de amenizar a cobrança, os vídeos serão mais impactantes, podendo gerar mais resultados positivos no comportamento.

Técnica recomendada: Motion Graphics 2D ou 3D, com personagens em situações ilustrativas:

5. Trabalho de cada área

O que é: O vídeo apresenta a rotina das áreas, quem compõe cada time e o que faz, para que as equipes conheçam umas às outras e se integrem mais. Isso pode até mesmo facilitar a resolução de problemas, pois o colaborador passa a saber exatamente quem acionar, quando necessário, para pedir uma orientação sobre determinado conhecimento.

Técnica recomendada: Captação (filmagem) de cada área, com uma boa edição posterior. É importante apresentar nomes, cargos e contatos, e incluir todas as áreas, em diferentes vídeos. Veja esse exemplo:

6. Palavra do Presidente da empresa

O que é: Transmite o presidente falando ao vivo ou gravado, quando há uma ocasião em que isso se faz necessário. A transmissão aproxima o líder dos colaboradores e é especialmente útil para filiais de empresas, que ficam distantes da diretoria, ou mesmo para quando não é possível reunir todos os colaboradores presencialmente.

Técnica recomendada: Captação ao vivo ou on demand.

7. Tutorial

O que é: Vídeo explicativo a respeito de ferramentas, equipamentos, softwares etc. O vídeo tutorial tem o intuito de instruir o uso, evitar erros, retrabalho, e facilitar o entendimento dos procedimentos necessários para determinado profissional.

Técnica recomendada: Aqui há mais de uma opção possível. Pode ser uma captação, com a demonstração do procedimento, ou, caso não seja possível filmar, utilizar a animação gráfica para ilustrar. No caso de tutoriais de softwares, há uma terceira opção, que é o vídeo por screencast (captura a tela) que mostra o software sendo utilizado, com a voz da pessoa explicando em off:

 

8. Treinamentos ao vivo

O que é: Palestras, oficinas ou treinamentos formais ministrados por especialistas, a respeito de técnicas e temas para uma área. Em vez de presenciais, os treinamentos corporativos online possuem inúmeras vantagens, como a redução de custo de logística e mais possibilidades de horários.

Técnica recomendada: Captação ao vivo ou on demand.

Onde você pode veicular seus vídeos corporativos

Além de todas as vantagens dos vídeos corporativos que você já pôde perceber ao longo do texto, há mais uma para arrematar: a versatilidade de canais em que você pode divulgar esse tipo de conteúdo.

Dependendo dos meios utilizados, é possível distribuir os vídeos por:

  • Blog Corporativo
  • E-mail
  • Rede Social Corporativa
  • Intranet
  • TV Corporativa

Dentre elas, a televisão corporativa é a mais atrativa, pois ela se encontra à vista de todos, constantemente. Ou seja, o conteúdo não dependerá do clique para ser visualizado, ele estará à disposição com mais destaque e naturalidade no cotidiano.

Localizadas estrategicamente, as TVs entregam a mensagem no timing correto ao público-alvo. Além dos colaboradores, ela pode dialogar com visitantes e investidores da empresa. Basta segmentar o conteúdo para cada público, com diferentes propósitos. Interessante, não é?

Comece agora mesmo a produzir conteúdos em vídeo. Aprenda mais sobre gravações e equipamentos de filmagem nesse post com dicas de nossos experts.

Se sua empresa não conta com uma equipe de produção de vídeos, conte com a nossa solução completa, que entrega tecnologia e conteúdo aos nossos clientes!

 

Autor

Daniela Leite
Daniela Leite

Jornalista por formação, especialista em conteúdo, acredita no potencial da informação para transformar o mundo.

Gostou? Deixe seu comentário