9 maneiras de acompanhar o aprendizado do aluno de EAD
9 maneiras de acompanhar o aprendizado do aluno de EAD
9 maneiras de acompanhar o aprendizado do aluno de EAD
Ensino a Distância

9 maneiras de acompanhar o aprendizado do aluno de EAD

Content Team Voxel Digital
escrito por
Content Team Voxel Digital
Tempo de leitura: 4 minutos

Uma das questões que mais preocupa alunos que escolhem o ensino a distância (EAD) para complementar sua formação acadêmica é o acompanhamento de seu aprendizado pelos professores. Devido à estrutura do curso, o aluno acaba tendo menos contato com o professor, exceto pelos acessos e interações na plataforma de ensino.

Nesse contexto, o educador pode observar o desempenho do aluno por intermédio de outras ferramentas, bastante distintas daquelas utilizadas em uma sala de aula tradicional. Quer saber mais sobre como funciona esse acompanhamento do aprendizado do aluno em uma plataforma EAD? Confira:

1. Engajamento do aluno

Quando pensamos em um curso a distância, é imprescindível encontrar mecanismos de verificação do engajamento nos meios de comunicação entre os administradores da disciplina (professores, tutores, instituição de ensino, etc.) e os alunos.

Como colocar isso em prática? O engajamento de alunos pode ser medido por meio de sua presença em vários dos meios de participação no curso, que serão mais bem explicados em outros pontos abaixo (número de acessos, realização de exercícios, desempenho em avaliações, envio de mensagens e dúvidas, etc).

No entanto, independentemente do meio de verificação, esse engajamento online é a principal forma de se avaliar o desempenho de alunos no curso, seu interesse pela disciplina, bem como suas dificuldades e pontos fortes. Procure plataformas que mantenham esse tipo de controle para cada um dos objetos de ensino.

Acompanhar o aprendizado de alunos em cursos EAD é essencial para mantê-los focados no aprendizado.

2. Número de acessos em plataforma EAD

Todo sistema de gestão de cursos on-line possui ferramentas de verificação do número de acessos e a permanência de seus alunos na plataforma EAD. Esse medidor pode ser extremamente útil para um professor verificar uma espécie de “frequência” virtual de seus alunos.

Se o número de acessos em determinadas disciplinas ou de determinados alunos diminui, isso pode ser um indicador de que é necessário fazer algumas mudanças no curso, na metodologia, ou até mesmo de verificar o que está ocorrendo com o processo de aprendizado da turma envolvida. Por outro lado, um número alto de acessos indica maior participação no curso e melhores resultados!

Aprenda tudo sobre videoaulas no formato de webinar. Baixe aqui seu e-book gratuito!

Clique na imagem para baixar seu e-book gratuito sobre webinars!
Clique na imagem para baixar seu e-book gratuito sobre webinars!

3. Exercícios realizados no curso

Uma ferramenta bastante comum de avaliação de desempenho em cursos de EAD é a aplicação de exercícios online, que podem ser estruturados de várias formas: questões de múltipla escolha, respostas argumentativas a questões propostas, entre outros tipos de exercício.

Esses exercícios devem evidenciar pontos importantes para o professor em cada disciplina ministrada. Ao pedir que alunos realizem exercícios com regularidade, ainda que eles não sejam avaliados por meio de nota, é possível que o professor descubra com precisão como anda o aprendizado na plataforma EAD, se há a necessidade de trabalhar novos pontos, etc.

4. Desempenho em avaliações intermediárias

Cursos EAD também contam com avaliações, sejam elas presenciais (encontros ocasionais) ou por meio da plataforma EAD (avaliações intermediárias, em geral). Essas avaliações são um bom medidor para verificar o desempenho dos alunos do curso, já que apontam temas da matéria cuja memorização não foi tão eficaz, ou cujo aprendizado deixou a desejar.

Assim como provas aplicadas presencialmente, aquelas realizadas por EAD servem como base para que o professor reavalie suas exposições, reforce pontos que ficaram pouco compreendidos e direcione o futuro do curso até a conclusão do semestre.

As avaliações intermediárias também podem ser feitas como simulados de modo a permitir medir o desempenho do aluno com base em evidências, ou seja, baseado em provas já oferecidas pela instituição ou por concursos, por exemplo.

5. Chat e discussões online

Muitas plataformas EAD contam com salas de bate-papo e de discussão online. Assim como outros sistemas de conversação na rede, essas salas servem para a turma discutir os temas mais pertinentes da disciplina, postar questionamentos e outras informações. Normalmente, essa ferramenta é utilizada ao mesmo tempo em que são ministradas aulas expositivas (ao vivo), ou então como forma de proporcionar debates de longa duração, nos quais os alunos têm mais dias para comentar e opinar.

6. Acompanhamento de leituras

Alguns professores de EAD acompanham o aprendizado do aluno por meio de um cronograma de leituras previamente indicadas. Sejam elas apostilas de ensino do curso, sejam de bibliografia selecionada para a disciplina, essa lista de textos a serem lidos durante o curso reforça os conhecimentos da disciplina, já que são indicados de acordo com a evolução do tema e do próprio estudante. Normalmente, os alunos registram os títulos já lidos em relatórios de leitura ou participam de discussões online sobre os temas tratados.

7. E-mails e mensagens de dúvida

Um bom medidor acerca do aproveitamento de alunos em cursos EAD é o número de e-mails e de mensagens de dúvida recebidos durante o semestre. Normalmente, alunos que participam e que estão realmente engajados no curso acabam sendo aqueles que também enviam mais perguntas a professores e tutores.

Um sinal de falta de engajamento é justamente o silêncio e a inércia. Quando não há participação, questionamentos e a busca por respostas, isso significa que os alunos deixaram de acompanhar as leituras e não estão problematizando os temas indicados.

8. Blogs ou portfólios pessoais

Algumas plataformas EAD permitem que os alunos mantenham um blog pessoal, que funciona como uma espécie de portfólio. Nele, os alunos postam informações sobre seu desempenho, suas dificuldades e questionamentos durante o curso. Muitos professores utilizam esses blogs pessoais como forma de avaliar o aprendizado do aluno. As postagens evidenciam aspectos que seriam difíceis de serem verificados a distância. Como incentivo à manutenção desses portfólios pessoais, é possível designar até uma pontuação específica aos alunos que o preenchem.

9. Tutorias online para aprendizado do aluno

Outra importante ferramenta utilizada em cursos de EAD é a tutoria online. Por meio dessa ajuda, alunos podem tirar dúvidas e reforçar seu aprendizado da disciplina, seja com professores do curso ou com monitores. Essa ferramenta também é bastante comum nas disciplinas referentes a trabalhos de conclusão de curso (monografias, artigos e trabalhos práticos), nos quais a orientação do aluno é feita por meio de uma tutoria online. Nessas oportunidades, professores e monitores têm a chance de acompanhar o aprendizado do aluno e verificar seu desempenho de forma bem mais próxima e apurada.

Para colocar todas essas formas de acompanhamento em prática, a maioria dos cursos conta com uma plataforma EAD que oferece todo o suporte para o aluno, com todas as ferramentas para efetivar as atividades de acompanhamento descritas acima.

Após mensurar o aproveitamento dos alunos, é hora de otimizar suas aulas. Aprenda como preparar aulas online de sucesso!

Baixe aqui seu e-book sobre webinars!

Clique para baixar!

 

Autor

Content Team Voxel Digital
Content Team Voxel Digital

Gostou? Deixe seu comentário