As 9 melhores features de uma plataforma de webinar profissional
As 9 melhores features de uma plataforma de webinar profissional
As 9 melhores features de uma plataforma de webinar profissional

As 9 melhores features de uma plataforma de webinar profissional

Daniela Leite
escrito por
Daniela Leite
Tempo de leitura: 6 minutos

Webinars são uma das ferramentas de comunicação preferidas de empresas; vale a pena investir em uma plataforma para produzir um webinar profissional. Entenda neste post o porquê:

 

Transmissões ao vivo, público engajado, troca de mensagens instantâneas: essas são algumas características dos webinars. Hoje, eles são muito populares devido a sua versatilidade. Esse formato vêm sendo usado amplamente na área da educação — nas videoaulas ao vivo —, nos treinamentos corporativos, no marketing de conteúdo e até mesmo nas vendas de e-commerces.

Segundo pesquisa da ON24 “Webinar Benchmarks Reports” (ON24, 2016), mesmo diante da tendência da comunicação curta e rápida, os webinars vêm conquistando cada vez mais tempo da audiência. Hoje, o tempo médio de engajamento de um webinar é 57 minutos. Em 2010, por exemplo, esse tempo era de 38 minutos, o que mostra um ganho de 19 minutos ao longo dos anos.

Na velocidade das redes, esses minutos de atenção significam muita coisa. Ainda mais levando-se em consideração o tempo total de quase 1 hora que um webinar pode ter.

Isso possibilita a criação de um conteúdo elaborado, informativo e completo que pode destacar a expertise da marca. Geralmente, o público se dispõe a gastar esse tempo para aprender algo de relevante a seu nicho.

Mas o formato por si só não garante a atenção da audiência. A qualidade do conteúdo e da produção são os grandes diferenciais para conquistar o público.

Assim, investir na realização de um webinar profissional é a chave para aproveitar todo o potencial dessa ferramenta para empresas e negócios.

Como uma plataforma profissional pode contribuir para a produção de webinars atrativos e aderentes ao público? Confira algumas vantagens a seguir!

 

Webinar profissional
Um webinar profissional possui funcionalidades que destacam seu conteúdo. (Arte: Diana Coelho/ Shutterstock)

1. Branding

Ao produzir um webinar profissional voltado ao Marketing, é preciso reforçar a estratégia de Branding para que o material não perca seu propósito. Uma das maneiras de garantir que o público identifique sua marca nos webinars é inserindo uma marca d’água com o logo da empresa em alguma das margens da tela.

Essa ação pode prevenir, por exemplo, ações de pirataria e outros desvios. Além disso, ter a marca sempre visível ajuda na sua fixação perante o público.

Por isso, opte por plataformas que permitam a inserção de sua marca d’água no rodapé de seus webinars para proteção de direitos autorais e para reforçar seu branding.

2. Responsividade

Para garantir que sua mensagem chegue a todo seu público-alvo, é importante que as pessoas possam assistir seu webinar de qualquer dispositivo (smartphone, tablets, notebooks), sistema operacional (iOS, Android, Windows, etc) e navegador (Chrome, Linux, Firefox, etc).

Nesse caso, as plataformas profissionais garantem a responsividade do vídeo e evitam qualquer problema de adaptação ao chegar ao usuário.

Outra vantagem é a eliminação da necessidade do usuário instalar algum software, plugin ou app para assistir ao conteúdo, já que basta a URL do webinar para acessá-lo.

3. Segurança

Dependendo da finalidade do webinar, pode ser desejável segmentar o público que tem acesso à transmissão, por meio de controle de autenticação.

Plataformas como o Youtube, por exemplo, não permitem esse tipo de restrição, já que, de acordo com sua política de privacidade, os vídeos lá hospedados são públicos.

Assim, as plataformas profissionais se tornam soluções para quem deseja selecionar o público de seus webinars. Nelas, é possível configurar logins semi-abertos ou fechados.

A autenticação semi-aberta funciona a partir de um formulário: o usuário precisa realizar algum tipo de cadastro (customizável), fornecendo, por exemplo, nome e email para liberar o acesso ao webinar. Esse formato é especialmente útil para gerar leads para negócios online e para empresas que desejam criar um fluxo de nutrição de leads.

A outra forma de autenticação, fechada, funciona com login e senha. Ela é mais restritiva que a anterior, e só pode ser efetuada pelos usuários que receberem a senha previamente por e-mail.

4. On Demand

O grande atrativo dos webinars é o fato de que são feitos ao vivo. Mas você já parou para pensar nas vantagens de gravar esse material?

Após a transmissão ao vivo, o webinar profissional pode se tornar disponível on demand (sob demanda). Assim, mais pessoas poderão assistí-lo após o término da sessão. Isso gera diversas possibilidades para os negócios, como:

  • A criação de uma biblioteca de vídeos, que podem ser vendidos ou disponibilizados perante login (de acordo com o propósito da empresa);
  • O envio dos vídeos via email marketing para nutrição de leads;
  • A postagem do vídeo no site, blog ou redes sociais da empresa para aumentar o fluxo de visitantes em landing pages;
  • O reaproveitamento futuro do material, caso seja, por exemplo, um treinamento corporativo.

A gravação do webinar, portanto, pode aumentar muito o ROI (Retorno sobre Investimento) do material. Interessante, não é?

Uma das vantagens de utilizar uma plataforma profissional, por exemplo, é que ela pode ser vinculada a uma plataforma de armazenamento de vídeos. Isso gera uma videoteca ou um catálogo de cursos, palestras e/ou treinamentos.

Outros recursos profissionais oferecidos pelas plataformas são as edições de vídeo, para cortar trechos indesejados antes de publicar o material. Além disso, outras ferramentas de edição podem ser usadas até mesmo durante a transmissão ao vivo:

  • Inserção de Vinhetas: apresente seu tema e sua empresa brevemente antes da transmissão começar. As vinhetas são as telas de abertura e fechamento dos vídeos;
  • Gerador de Caracteres: identifique os participantes (palestrantes, convidados, parceiros) por meio de gerador de caracteres;
  • Configurações de resolução do vídeo e áudio: edite a qualidade da imagem e do som, por exemplo, faça transmissões Full HD;
  • Personalização do fundo: adicione fundos especiais à sua transmissão ao vivo e personalize ainda mais seu conteúdo.

5. Indexação

Durante a realização de um webinar em uma plataforma profissional, é possível ativar a transcrição automática de tudo que é falado. Esse recurso é útil caso deseje criar uma base de conhecimento sobre o assunto tratado e indexá-lo.

As vantagens são muitas: criando-se uma base de conhecimento, será possível sempre consultar este material para, por exemplo, resolver questões futuras.

A indexação também é interessante para a audiência do vídeo, já que existe uma ferramenta de busca por palavra que permite localizar o trechos exatos do conteúdo. Assim, fica fácil rever partes do vídeo, tirar dúvidas e aproveitar melhor o material.

6. Suporte

Nada como contar com um time de experts para te ajudar a resolver qualquer questão de sua transmissão, não é mesmo? Opte por plataformas que disponibilizem um time preparado para atender suas necessidades técnicas, como por exemplo:

  • Alta demanda de audiência acontecendo de forma inesperada;
  • Falha na transmissão;
  • Link de internet, etc.

As plataformas profissionais oferecem Help Desk, por canais de fácil acesso (telefone, e-mail). É um diferencial que pode impulsionar muitas produções de webinars.

7. Chat moderado

O que seria de um webinar sem um chat, concorda? Essa ferramenta garante a interação entre palestrante e ouvintes e funciona como um termômetro da audiência.

Quando há muitos comentários e perguntas, pode ser um bom sinal de interesse de seu público. É importante ficar atento ao chat para resolver dúvidas, reexplicar pontos, responder comentários e engajar mais os ouvintes.

As plataformas profissionais permitem moderar o chat, selecionando quais comentários são exibidos. Isso evita spams, comentários inapropriados ou que desviem do tema em foco. A moderação também permite gerar respostas automáticas, como mensagens de agradecimento, avisos de aguardo, etc, o que poupa tempo, responde grandes volumes de questões e evita mensagens não respondidas.

8. Relatórios

Para quem produz webinars, na maioria das vezes, é muito importante mensurar a audiência. Isso pode vir de diversas métricas, como por exemplo:

  • Número de usuários por período;
  • Acessos gerais da transmissão;
  • Analítico por usuário (quanto tempo determinado usuário permaneceu conectado, qual trecho assistiu, etc).

Portanto, plataformas que oferecem relatórios antes, durante e depois dos webinars apresentam um grande diferencial. Esses dados são estratégicos e ajudam a medir o sucesso, a atratividade e a eficiência de sua transmissão, o que direciona ações futuras e ajuda a conhecer seus leads.

9. Transmissão de qualidade

Para garantir que uma grande audiência assista o webinar ao mesmo tempo, as plataformas profissionais trabalham com uma complexa rede de servidores (CDN) que cumprem a função de transmitir com qualidade. Essa rede reduz a sobrecarga de um servidor, o que evita que a transmissão seja interrompida ou trave com o alto número de acessos. Sua audiência agradece!

Se você deseja aprender mais sobre como fazer uma excelente transmissão ao vivo, confira nosso e-book com as melhores dicas!

A experiência de produzir e transmitir um webinar profissional é bem mais atrativa, não é? As plataformas facilitam muito esse trabalho! E você, como prefere produzir seus webinars? Essas dicas foram úteis para você? Conta para a gente nos comentários!

 

Autor

Daniela Leite
Daniela Leite

Jornalista por formação, especialista em conteúdo, acredita no potencial da informação para transformar o mundo.

Gostou? Deixe seu comentário