Billigste Strømleverandør 2017 | Forbrukslån svar på Dagen | Verdivurdering av Hus | Eiendomsmegler Best | Bilforsikring | Boligalarm | Tyverialarm | Advokat

Mensurando o seu curso EaD

mensurando-o-seu-curso-ead

O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado. Essa é uma frase muito dita por grandes empresários ao redor do mundo e deveria também ser muito utilizada nas reuniões internas do seu negócio. No entanto, mensurar resultados de EaD não é uma tarefa simples se comparado a outros negócios. Há valores pouco tangíveis a serem considerado e que são essenciais na hora de avaliar resultados.

A boa notícia é que é uma tarefa difícil, mas não impossível. Milhares de instituições de ensino de todo o mundo já estão mensurando seu curso EaD e crescendo continuamente com a avaliação estratégica. Como você pode começar a realizar esse trabalho dentro da sua instituição? É sobre isso que vamos falar agora. Acompanhe:

Primeiro, defina os seus KPIs

KPI é uma sigla em inglês para Key Performance Indicator, que significa, em português, Indicadores Chave de Performance. São, como o nome já diz, pontos-chave que você vai observar ou dar maior foco na hora de avaliar o seu curso de EaD.

O primeiro passo para uma mensuração de sucesso, portanto, começa na identificação dos KPIs. Antes de reunir dados e gerar análises, é preciso entender quais aspectos do seu e-learning são mais significativos e relevantes para análise como, por exemplo, a quantidade de tempo que o aluno passa conectado e qual é o nível de aprovação deles.

Donald L Kirkpatrick é professor emérito da Universidade de Wisnconsin, Estados Unidos, e desenvolveu um método de avaliação em quatro níveis que pode ajudar você na identificação dos seus KPIs. Segundo Kirkpatrick, é preciso considerar 4 aspectos do e-learning na hora de mensurar resultados: reação, aprendizado, comportamento e resultados.

A reação se refere a como os participantes se sentem sobre a formação ou experiência. Pode ser feito, por exemplo, com pesquisas com alunos que considerem aspectos como qualidade da plataforma, currículo dos professores, expectativas com a formação e nível de satisfação.

A área de aprendizado deve ser feita durante o curso em diferentes fases, pois objetiva mensurar o aumento de conhecimento dos alunos. Aqui uma KPI que pode ser listada são as notas de avaliações. Você pode, inclusive, criar novas KPIs junto dos professores e oferecer a possibilidade de eles classificarem cada aluno no final de cada ciclo de ensino.

Já a área de comportamento se refere a como ensino influencia a formação pessoal, não só acadêmica, daquela pessoa, ou seja, qual é o comprometimento e conhecimento que o aluno e os funcionários desenvolvem em longo prazo. Para realizar essa avaliação é preciso fazer pesquisas mais profundas.

E, finalmente, os resultados. Aqui há uma integração das KPIs anteriores, mais voltadas para a formação dos alunos, com os indicadores de gestão da instituição. É nessa hora que a empresa aplica aspectos econômicos e internos da própria empresa.

O ideal, portanto, é que você tenha pelo menos um indicador de qualidade dentro de cada uma dessas 4 áreas. Com esses indicadores definidos, fica mais fácil ser mais assertivo na hora de realizar sua análise, pois você vai começar com os dados certos e mais valiosos para o seu e-learning.

Learning Analytics

Você sabia que o Google Analytics também funciona muito bem para recolhimento de dados em EaD? A ferramenta do Google, na verdade, é muito usada por diversas instituições que trabalham com e-learning do mundo todo e você pode também pode usá-la.

O Google Analytics pode recolher dados relevantes que você pode usar como KPIs. Por exemplo, o tempo que cada estudante passa logado na plataforma, quanto tempo cada um deles levou para completar uma tarefa ou visualizar uma aula, qual é o tempo médio gasto em cada módulo de ensino, qual o nível de engajamento dos alunos em fóruns de discussão e outros infinitos exemplos. O que você precisar mensurar, o Google Analytics pode ficar de olho para você.

Como você faz isso? Basta integrar o Google Analytics com a sua plataforma. Peça para seu programador realizar a tarefa e, em alguns dias, você vai poder acessar a página da ferramenta com sua conta do Gmail e analisar os diferentes dados coletados. Você pode, inclusive, convidar diferentes funcionários para acessar a plataforma com você e até customizar a visualização da mesma, colocando em cada coluna o que é mais importante para sua análise naquele momento.

O Google Analytics oferece uma oportunidade de registrar os hábitos de estudo dos alunos, apontando como e quando eles se engajam na aprendizagem dentro do EaD. Mas, mais do que entender o nível de sucesso do seu ensino, o Learning Analytics — que se refere a qualquer mensuração online de hábito de ensino, não só dentro do Google Analytics — oferece insights poderosos e capazes não só manter a instituição de olho em sua gestão, mas de apontar os alunos na direção certa para desenvolver habilidades além do conhecimento, como pensamento crítico, capacidade de lidar com situações e informações do dia a dia e habilidades de networking. Usar a coleta de dados de ensino é criar oportunidades de desenvolvimento para os alunos.

Além do Google Analytics, você também pode usar o TinCan, uma outra ferramenta que não só avalia os resultados já citados como exemolo no Google Analytics, mas também permite que você customize uma mensuração de dados além da plataforma de EaD.

4 razões para mensurar os resultados do seu EaD

Até aqui você já entendeu a importância de apontar bons KPIs para análise e mensuração de dados e conheceu algumas das possibilidades de uso do Learning Analytics. Agora, nós vamos encerrar com uma lista de motivos para você começar a recolher dados do seu EaD hoje mesmo. Quanto mais cedo você investir nessa estratégia, mais valor você vai poder oferecer para os seus alunos e melhor será a sua gestão.

1. Gestão e crescimento sob controle

Esse motivo é básico: com a mensuração do seu EaD você tem mais controle sobre investimentos, projeções e desenvolvimento.

2. Previsão de desempenho dos alunos

Com dados sendo coletados diariamente, fica mais fácil fazer projeções de desempenho dos alunos. Se há uma previsão que aponta para falhas, você pode agir hoje mesmo para conter esse desvio.

3. Aumenta o índice de retenção dos alunos

Quando você recolhe mais dados sobre seu EaD, tem mais insight para melhorá-lo e para oferecer mais ferramentas para cada aluno aprimorar seu desempenho individual também. E quando o aluno está satisfeito com a experiência de ensino que tem, mais quer se engajar, participar e até recomendar seu curso aos amigos.

4. Melhora a gestão dos custos

Com dados precisos, você vai saber exatamente onde é mais vantajoso investir. Isso implica em menos investimentos vazios e sem retorno.

Se você ainda não faz uma mensuração do seu EaD, comece agora! Aos poucos, você vai notar a grande diferença que faz tanto nos seus negócios quanto no futuro dos seus alunos.

Conhece outra dica importante para mensurar melhor os resultados do seu curso? Compartilhe sua experiência e suas dúvidas conosco!

(Visited 319 times, 1 visits today)
Guia definitivo para vender cursos online